PUC-Rio

Voltar

Nova Consulta

Jornal/Revista: Jornal do Brasil
Data de Publicação: 21/09/1991
Autor/Repórter:

DI GÊNIO NÃO VAI DISPUTAR TV MANCHETE

SÃO PAULO - O professor João Carlos Di Gênio, proprietário dos colégios Objetivo, não participará mais do pool de empresários que deverá comprar a TV Manchete. Di Gênio comentou com amigos, em São Paulo, que não tem mais interesse em participar da sociedade. A compra da TV Manchete deverá ficar concentrada, agora, nas mãos do deputado, Paulo Otávio (PRN-DF), que está organizando o grupo de empresários que deverá pagar cerca de U$S 140 milhões pela emissora, Além desta importância, há uma estimativa de um investimento de US$ 70 milhões a US$ 100 milhões a curto prazo.

A saída confirma a informação de que o empresário Adolfo Bloch gostaria e vender a TV Manchete apenas para Paulo Otávio, casado com sua afilhada, Ana Cristina, neta do ex-presidente Juscelino Kubischek. Especula-se que já garantiram a presença um outro amigo do residente Collor, Luís Estevão, presidente do grupo OK; Mathias Machline, do grupo Sharp; Herbert Levy, da Gazeta Mercantil, além da editora Abril.

Voltar

Fonte: Banco de Dados TV-Pesquisa - Documento número: 16750