PUC-Rio

Voltar

Nova Consulta

Jornal/Revista: Folha de S. Paulo
Data de Publicação: 18/11/1991
Autor/Repórter: Sônia Apolinária

MANCHETE EXIBE MAXISSÉRIE AMERICANA

Emissora reformula projeto de teledramaturgia e muda as minisséries nacionais para o horário das 19h30

A Rede Manchete reformulou seu projeto de teledramaturgia para 92. Além de exibiria maxisséries americana "Bold and Beautiful", pretende estrear um quarto horário para o gênero, em março.

A série estrangeira deverá ser exibida às 22h30, a partir de janeiro. Vai se chamar "Paixão e Ódio" ou "Paixão sem Escrúpulos". O programa tem 250 horas e pode ficar no ar durante todo o ano. Já está sendo dublado.

A história se passa no mundo da moda, onde pessoas bonitas e sem escrúpulos fazem tudo para subir na vida. É uma espécie de "O Dono do Mundo" versão luxo. A série está sendo exibida anualmente na rede norte-americana CBS e em outros sete países, entre eles, a França.

As minisséries que a emissora produzia para às 22h30 passarão a ser exibidas às 19h30. Atualmente, nesse horário, a Manchete apresenta a reprise de "Pantanal", que fica no ar até janeiro.

Nesse mês, a emissora pretende retomar a produção das minisséries. O diretor de dramaturgia, Atílio Riccó, diz não saber se será possível aproveitar algum dos projetos que não puderam ser , realizados este ano, como por exemplo, "Diário de um Mago".

"Em função do horário temos que reavaliar o tipo de história que poderemos contar", explica. Uma outra minissérie que está engavetada na emissora é "Chiquinha Gonzaga", de Wilson Aguiar Filho, bastante cotada para ser a primeira de 92.

O horário nobre das 21h30 ficará com "Amazônia", que deve estrear dia 9 de dezembro com um making off.

Segundo Riccó, ainda não foi decidido qual será o quarto horário de dramaturgia da Manchete. Este ano, a emissora tentou produzir uma novela de bonecos, para ser exibida entre 17h30 e 18h30. O projeto não vingou porque foi considerado caro.

Há ainda outros dois projetos de novelas na Manchete. Um é "João de Maria", de Alcione Araújo. O departamento financeiro da emissora já está avaliando a sua viabilização. O outro projeto deve ter a apresentadora Angélica como protagonista. Ambos eram idéias de Jayme Monjardin, exdiretor artístico da emissora, que está com um pé na Rede Globo.

Voltar

Fonte: Banco de Dados TV-Pesquisa - Documento número: 17265