PUC-Rio

Voltar

Nova Consulta

Jornal/Revista: Jornal do Brasil
Data de Publicação: 21/04/1993
Autor/Repórter: Denise Moraes

DANIEL FILHO NAMORA MANCHETE

O ex -diretor global admite interesse de assumir a emissora

TV Manchete naufraga, mas continua sendo cobiçada. Depois da CUT, o mais novo grupo interessado em ficar com a emissora está sendo articulado pelo publicitário Ricardo Scalamandré (sócio de Emerson Fittipaldi nos direitos de transmissão da Fórmula Indy) e envolve o ex-diretor da TV Globo Daniel Filho. "Estamos articulando a possibilidade de impedir o fim da Manchete e de mantê-la como um canal democrático, desvinculado de setores políticos", confirma Daniel Filho, criticando o interesse "da CUT e do governador Brizola" em assumir a emissora. "Isso é uma inversão de valores. São os profissionais de TV que devem estar à frente das emissoras e não os políticos." Ontem, os funcionários da empresa no Rio, sem salário desde dezembro, receberam cestas básicas da secretaria estadual de Trabalho. O restaurante da emissora, onde eles almoçavam de graça, foi fechado.

Daniel Filho pretende abrir espaço para a produção independente. "Minha intenção é transformar a TV para ampliar o mercado seguindo o exemplo da Inglaterra, onde os exibidores são, no máximo, co-produtores." O ex-diretor global foi sondado, há cerca de dois meses, por Hamilton Lucas; de Oliveira, dono do grupo IBF, para se transferir para a Manchete - um convite não aceito. "Vi a situação na época. Agora não sei exatamente como está." Apesar disso, ele está interessado em participar de uma nova gestão: "Sem dúvida a Manchete me interessa, se for para trabalhar com profissionais de TV, seguindo o exemplo da Globo quando Roberto Marinho, há 26 anos, contratou grupos de profissionais da área." Daniel Filho tem uma reunião com Ricardo Scalamandré marcada para o próximo final de semana e diz ainda não saber quais empresários formariam o pool habilitado a candidatar-se a assumir a emissora. Até o fim da tarde de ontem, Scalamandré não havia sido encontrado pelo JORNAL DO BRASIL.

Voltar

Fonte: Banco de Dados TV-Pesquisa - Documento número: 21365