PUC-Rio

Voltar

Nova Consulta

Jornal/Revista: Folha de S. Paulo
Data de Publicação: 30/07/1995
Autor/Repórter: Mariana Scalzo

GALÃ ARGENTINO SE SURPREENDE COM FÃS-CLUBES BRASILEIROS

Um galã uruguaio vem sacudindo o público feminino brasileiro. Osvaldo Laport, 38, o militar Enrique Muniz de ''Além do Horizonte'', tem fãs-clubes no interior de São Paulo, em Brasília e em alguns Estados do Nordeste.

''Estou muito surpreso. Sabia dos fãs-clubes da Itália, mas do Brasil, não'', conta Laport, que começou na carreira em 83, na novela argentina "Cara a Cara''.

Laport forma, com a atriz venezuelana Grécia Colmenares, 32, o par romântico da produção argentina que a Rede Manchete exibe de segunda a sexta, às 19h.

"Além do Horizonte'' custou US$ 12 milhões e foi feita pela produtora independente Ronda Studios, da Argentina.

A trama mostra, claro, o amor proibido de Maria e Enrique tendo como cenário a história dos índios dos pampas argentinos em 1840.

Laport afirma que sentiu medo durante gravações da novela. ''Tinha medo do ridículo. A novela mostra cenas fortes de amor. O público é muito conservador, não tinha certeza se aprovaria".

Os dois atores afirmam conhecer e gostar das novelas brasileiras. Ambos citam ''Vale Tudo", de Gilberto Braga, como sua preferida.

Laport acha importante que uma novela leve algo mais que romance para os telespectadores. E diz que gostaria de participar de uma produção com um fundo mais político e que, às vezes, se sente como um "tigre enjaulado" nas novelas melodramáticas.

Grécia Colmenares discorda neste ponto. "Novela é a vida mesmo", explica.

"As maiores audiências acontecem quando a protagonista tem um filho ou faz amor pela primeira vez''. Ela está há dez anos na TV argentina e fez 11 novelas - algumas exibidas no Brasil, como "Topázio" e "Manuela''.

Quanto a trabalhar em novelas brasileiras, os dois concordam e respondem entusiasmados que seria a realização de um sonho.

Mesmo quando descobrem que o salário médio de uma estrela global não chega a US$ 20 mil. Cogita-se que seus salários sejam em tomo dos US$ 100 mil, mas eles não confirmam.

Grécia vive no luxuoso condomínio Boating Club, nos arredores de Buenos Aires, tem um Porsche e um iate em seu porto particular. Laport mora num haras, também perto da capital.

O projeto de trabalhar em produções nacionais ou em coproduções com o Brasil pode estar próximo.

Alejandro Romay, 68, presidente do Canal 9 argentino, planeja formar com uma emissora brasileira um canal do Mercosul. "Quero fazer um canal com programação 24 horas para poder mostrar a cultura latina para o mundo''.

A jornalista MARIANA SCALZO viajou a convite da Rede Manchete

Voltar

Fonte: Banco de Dados TV-Pesquisa - Documento número: 29021