PUC-Rio

Voltar

Nova Consulta

Jornal/Revista: O Globo
Data de Publicação: 05/05/1996
Autor/Repórter:

'ANTÔNIO ALVES' DÁ PARTIDA EM SEU TAXI

Se a novela repercutir tanto quanto os incidentes nos bastidores das gravações (protagonizados pela estrela Sônia Braga), "Antônio Alves, o taxista" será um sucesso de audiência. A novela escolhida para ocupar o horário nobre do SBT, às 20h, com reprise às 21h30m, é um remake de "Rolando Rivas, taxista", escrita pelo argentino Alberto Migré E exibida em seu país em 1963. Trata-se de uma co-produção do SBT com a produtora argentina Ronda Studios, com gravações realizadas em Buenos Aires, Florianópolis e São Paulo. Depois da saída intempestiva da atriz Sônia Braga, que abandonou o papel de protagonista, a novela vai ao ar com Fábio Jr., Branca de Camargo e Guilhermina Guinle nos papéis principais.

Adaptada para os brasileiros por Ronaldo Ciambroni e dirigida por Jorge Montero, "Antônio Alves, o taxista" conta a história de Tony (Fábio Jr.), rapaz pobre nascido em Florianópolis, que vai para São Paulo trabalhar numa frota de taxis que só atende clientes especiais. É em uma de suas corridas que ele conhece a bela Mônica (Guilhermina), filha de um rico empresário, que tenta o suicídio se jogando do carro. O humilde taxista salva a jovem passageira e conquista seu coração. Mas entre os dois existe Tereza (Eliete Cigarini), uma costureira por quem Tony tem grande carinho. No decorrer da trama, uma rival ainda maior irá atrapalhar os sonhos de Mônica: sua madrasta Claudine (Branca de Camargo). Ela foi o grande amor de Tony no passado, e o abandonou para se casar com Humberto (Paulo Figueiredo), um empresário bem-sucedido.

No elenco também estão Elaine Cristina, Edney Giovenazzi, Antônio Abujamra, Rubens Caribé e Daniela Camargo, entre outros.

Voltar

Fonte: Banco de Dados TV-Pesquisa - Documento número: 32128