PUC-Rio

Voltar

Nova Consulta

Jornal/Revista: Jornal do Brasil
Data de Publicação: 02/07/2001
Autor/Repórter: Letícia Pimenta

VALE A PENA VER DE NOVO?

Telespectadores se irritam e criam site contra reprise de Você decide à tarde

Por essa o público cativo do Vale a pena ver de novo, da TV Globo, não esperava. A emissora resolveu diversificar a programação de férias e exibe, a partir de hoje, antigos episódios do extinto Você decide no lugar das reprises de novela. No comando da atração, uma empolgadíssima Suzana Werner, que nas chamadas parece anunciar uma tremenda novidade. O programa estará no ar em julho, mesmo assim a decisão mobilizou dezenas de aficionados pelos folhetins globais, que registraram seu descontentamento na internet criando o site {www.vocedecide.na-web.net.}. Escrita em letras garrafais na abertura da página, a frase Fora Você Decide!!! é praticamente um convite para que o internauta opine sobre a decisão da Globo.Até sexta-feira o site havia recebido 390 consultas. Para 68,75% dos visitantes a direção da emissora ''está completamente louca de tomar essa decisão'', 13,19% concordaram com as reprises desde que sejam apenas nas férias, 11,81% adoraram a idéia, e 6,25% disseram que o Você decide deveria ser exibido no lugar do Vídeo Show. ''É uma contradição. Um programa com temas polêmicos concebido para ir ao ar nas noites de terça-feira será exibido à tarde, num horário em que o público infanto-juvenil é predominante. O ideal seria fazer uma pesquisa entre as novelas que fizeram sucesso e apresentá-las de novo para reconquistar esses telespectadores'', avalia o carioca Júlio César Martins, 21 anos, estudante de comunicação social. ''Vamp, Sonho meu e A gata comeu são boas opções'', completa.

Há quem diga que as mudanças ocorreram depois do fracasso de audiência de Roque Santeiro. ''A novela vinha registrando 15 pontos de média, quando a meta do horário é 25. A trama é um primor, mas foi reprisada para um público não adequado'', diz Júlio. A explicação oficial da Globo para a volta do Você decide é que o período de férias é ideal para se apostar numa programação diferenciada. ''Resolvemos testar essa tese reprisando o programa e aproveitar para testar também a interatividade do público neste horário'' informa a Central Globo de Comunicação. O mineiro Júnior de Souza, 30 anos, professor de português, não se convenceu. Diz que a atração já teve sua fase e não pode entrar no lugar de um programa com público consolidado.

Voltar

Fonte: Banco de Dados TV-Pesquisa - Documento número: 70643