PUC-Rio

Voltar

Nova Consulta

Jornal/Revista: O Globo
Data de Publicação: 25/06/1988
Autor/Repórter:

WALTER CLARK SE DEMITE DA DIREÇÃO DA TV RIO

O Diretor Geral da TV Rio, canal 13, Walter Clark, de 51 anos, pediu demissão do cargo quarta-feira passada, por causa de desentendimentos com a administração da televisão, de propriedade do pastor batista Nilson do Amaral Fanini. Os boatos sobre a demissão de Walter Clark começaram a circular no fim da tarde de ontem. No setor de jornalismo, peça-chave da programação da TV, ninguém negava que havia uma crise no ar, mas também ninguém confirmava ainda o pedido de demissão. Desde quarta-feira, Clark não aparece no prédio da Cidade Nova onde funcionam os estúdios da TV, inaugurada em fins de março. Ontem mesmo, a administração da TV Rio reuniu-se para decidir o nome do substituto de Clark, cuja rescisão de contrato, que era de cinco anos, já está sendo preparada. A reunião foi suspensa sem que houvesse qualquer decisão.

A administração da TV ainda tentou convencer Walter Clark a não deixar o cargo, mas ele disse que a decisão era em caráter irrevogável. Seriam três os fatores que motivaram o pedido de demissão de Walter Clark. Sabe-se que ele ficou irritado quando a TV atrasou o pagamento dos profissionais, que deveria ter sido feito no dia 30 de maio e só ocorreu no dia 5 de junho. Ele também não estava contente com os problemas técnicos que a TV vinha enfrentando, como o da antena de retransmissão, que está funcionando com apenas 20 por cento da capacidade, o que prejudica a qualidade da imagem. Walter Clark pedia ainda mais liberdade para as equipes de jornalismo e não concordaria inteiramente com a linha editorial que a administração da TV Rio queria imprimir.

Voltar

Fonte: Banco de Dados TV-Pesquisa - Documento número: 7479