PUC-Rio

Voltar

Nova Consulta

Jornal/Revista: Jornal do Brasil
Data de Publicação: 06/07/1988
Autor/Repórter:

TV RIO FAZ ACORDO E PASSA A INTEGRAR O GRUPO MÚCIO ATHAYDE

Um mês após a sua entrada no ar, a TV Rio do pastor Nilson Fanini passa a ser afiliada do Múcio Athayde Sistema de Comunicação, integrado por quatro emissoras de rádio, três jornais e uma estação de TV, todos sediados em Brasília e Goiânia. O acordo foi anunciado ontem na sede da TV Rio, no bairro do Estácio, pelo ex-deputado Múcio Athayde e o pastor Fanini.

Pelo acordo firmado, as duas empresas passam a ter instalações comuns no Rio, São Paulo e Brasília. A TV Rio ganhará sucursais em Brasília, Goiânia e Anápolis, onde o sistema de comunicação de Múcio Athayde está inaugurando uma estação repetidora.O pastor Fanini continua como acionista majoritário da TV Rio, cuja filosofia de programação não sofrerá mudanças. Múcio Athayde garantiu, entretanto, que se a TV Rio precisar de qualquer aporte financeiro, não faltará dinheiro.

"O ambiente na TV Rio é de confiança, tranquilidade e trabalho. Estamos em clima de expansão", afirmou Múcio Athayde, negando que haja qualquer plano de demissão em massa de funcionários na TV Rio. "O sol continuará a brilhar", acrescentou o ex-deputado, que tomou quase sempre a palavra no decorrer da entrevista.

Múcio Athayde - Que se declarou candidato à sucessão do governador de Brasília, José Aparecido de Oliveira - disse que o acordo foi proposto pelo pastor Fanini, "um velho amigo". O pastor explicou que fica muito caro manter a programação de uma emissora local e independente como a TV Rio. "E mais fácil trabalhar em rede. Com esse acordo operacional os custos ficarão diluídos" argumentou.

O acordo entre o Múcio Athayde Sistema de Comunicação e a Radiodifusão Ebenésia Ltda. - razão social da TV Rio - prevê tabelas conjuntas de publicidade. A TV Rio passa a ter uma sucursal em Brasília: instalada no segundo andar do Edifício Rádio Planalto, onde será montado um estúdio de televisão, que servirá também a TV Goiás, de Goiânia, outra afiliada do grupo de Múcio Athayde, que continua transmitindo a programação do SBT (Sistema Brasileiro de Televisão). O estúdio será usado para a fazer a cobertura política na capital federal, segundo o ex-deputado.

Velho Testamento - O sistema de comunicação de Múcio Athayde, por sua vez, que estava montando uma sucursal em São Paulo, passará a usar as instalações já existentes da TV Rio. A sucursal carioca do grupo do ex-deputado, que funciona na Rua do Carmo, n° 11, 10° andar, no centro do Rio, será transferida para o prédio da TV Rio, na Rua Miguel de Frias, n° 57, no Estácio.

O pastor Nilson Fanini continua presidente e acionista majoritário (com 51% das ações) da Radiodifusão Ebenésia Ltda. (o nome Ebenésia, segundo ele, foi tirado de uma palavra hebraica que traduz a frase do profeta Samuel no Velho Testamento "Até aqui nos ajudou o Senhor"), já que não houve transferência de ações no acordo. "O que não impede que isso seja feito no futuro, dentro da legislação e de acordo com as autoridades", informou Múcio Athayde.

Ele fez questão de dizer que a situação da TV Rio como empresa é boa, sem atrasos na folha de pagamento de cerca de 300 funcionários ou previsão de demissões. O pastor Nílson Fanini acrescentou que as mudanças na programação numa emissora iniciante são normais, mas garantiu que não haverá mudanças na filosofia de programação implantada pelo ex-diretor-geral Walter Clark de "fazer uma TV ao vivo". O pastor negou que haja qualquer negociação para a volta de Walter Clark, embora admitindo que não tem "nada contra".

Nílson Fanini reconheceu que o desempenho da TV Rio em seu primeiro mês de vida deixou a desejar em termos de audiência, mas anunciou uma atuação "mais agressiva" nesta nova fase.

Voltar

Fonte: Banco de Dados TV-Pesquisa - Documento número: 7500